Textos
NEM TUDO É RUIM
NEM TUDO É RUIM

Das janelas e varandas
A vida segue pulsando
O povo se adaptando
A um novo jeito de olhar

O povo segue cantando
Se abraçando e se amando
Vivendo, se emocionando
De longe ou no virtual

Aniversários na sacada
A solidariedade no ar
Palmas de agradecimento
Panelas pra protestar

O medo sendo mitigado
Pela união no lar
Vizinhos mais solidários
Dispostos a ajudar

Creio que em toda tragédia
Tem algo a se aproveitar
Aqui não é diferente
Como podemos constatar

Um fenômeno curioso
Que ninguém imaginou
No isolamento social
Muita gente se encontrou
Wilson Magalhães
Enviado por Wilson Magalhães em 30/03/2020
Comentários