Textos
ESSÊNCIA
Do barro que fez a caça e também fez o caçador
Do pó que nasceu o ódio também nasceu o amor
A curva não é pedaço da reta que se quebrou
O rumo que toma os passos do tempo que é professor

O futuro a Deus pertence, mas depende de ação
Do que pensa, do que sente, do que tem no coração

Todos cometem pecados, uma pedra a quem não errou
O homem é a soma da sorte com a vida que ele levou
Quem nunca achou um trevo e quem nunca tropeçou?
Quem nunca sofreu desprezo quem nunca teve um amor?

O futuro a Deus pertence, mas depende de ação
Do que pensa, do que sente, do que tem no coração
Wilson Magalhães
Enviado por Wilson Magalhães em 19/09/2020
Alterado em 19/09/2020
Áudios Relacionados:
ESSÊNCIA - Wilson Magalhães
Comentários