Textos
O AMOR É LIVRE
Um grande amor não sobrevive
Quando está preso na gaiola
Amor é livre como brisa
Por entre as grades vai-se embora

Meu coração acostumado ao aconchego
Seu regaço, seu chamego
Carinho e dedicação
Não dava trégua exagerava no apego
Mas o excesso de medo
Sufocou sua paixão

O nosso amor era cheio de alegria
Mas o peso da aliança
Aumentou a sensação
De que eu era agora o seu mandatário
Do diário, do armário
O dono do seu coração

Um grande amor não sobrevive
Quando está preso na gaiola
Amor é livre como brisa
Por entre as grades vai-se embora

O seu amor me escapou por entre os dedos
Não soube domar o medo
De perder seu coração
Privacidade confundida com segredos
Ciúmes, insegurança
Machucando a relação

Estou de volta já cumpri o meu degredo
Refleti curei o medo
Alterei minha visão
Cumplicidade, amizade e respeito
Hoje eu trago no peito
Já mereço seu perdão
Wilson Magalhães
Enviado por Wilson Magalhães em 14/04/2021
Áudios Relacionados:
O AMOR É LIVRE - Wilson Magalhães
Comentários